quinta-feira, 10 de junho de 2010

Pra Você

Agora irei falar de mim, eu sou um garoto normal de 21 anos, aos olhos de Deus, desses que Ele não da muita importância, não a que eu quero pelo menos, mas é a que se pode ter. Dou o máximo de mim aos meus amigos, aos meus pais, e apesar de as vezes revelar um lado ruim meu, que eu tenho, que todos temos, eu tento ser o melhor que há em mim. Faço faculdade de medicina, e talvez tenha deixado a desejar nos meus estudos, mas ainda há tempo, eu só preciso de força de vontade e agradecer a tudo e a todos que tenho por perto, preciso pelo menos tentar levantar da cama mesmo quando me sinto fraco e impotente para tal ação. Quero ser grande, quero fazer a diferença, mas perdido que sou, estragado que sou, acabo por vezes destruindo tudo que esta ao meu redor... A minha fragilidade serve muitas vezes pra deboche de outros, mas isso não faz de mim uma pessoa fraca, talvez, até mesmo mais forte do que deveria ser. Vou tentar todos os meus dias ser alguma coisa do bem, e de alguma forma buscar meu lugar ao sol, clichê, mas é só isso o que quero, brilhar, nem que seja uma vez... Me perdoe todas as pessoas que eu consigo magoar, porque não consigo entender todas as situações do jeito simples que devem ser. Me perdoem por não ser afável, não ser amável, por não conseguir manter amizades sem falar minhas verdades. Cale-se "subvertido", nem todos merecem ouvir o que você pensa "- vou praticar isso", e se alguém estiver me ouvindo, saibam, eu não sou fraco, e a borboleta que há em mim, não há de durar apenas 24 horas.

"Prometo usar meu coração para as atitudes que só precisam disso, a racionalidade é uma ferramenta importante, óbvio, mas não é disso que as pessoas precisam, elas precisam de amor. Assim serei algo que sirva."

video

Um comentário:

  1. nossa que bom tenho um blogueiro futuro médico no meu roll de amigos.E TAMBÉM CHEIO DE DÚVIDAS...TEU BLOG É JÓIA

    ResponderExcluir