sábado, 23 de outubro de 2010

DESABAFO

Eu quero pintar um quadro, ouvir uma música boa, organizar minhas fotos, meu passado...Pra não pensar mais em outra pessoa. Você viajou, esqueceu de me cobrar alguma fidelidade! Foi tão dificil pra mim.Tua atitude me soa tão covarde. E não vem dizer que não é. Eu não guardo imagem do seu amor, eu fechei os olhos no beijo de despedida, tão sem calor, que nem me envolveu o tempo bastante pra te esperar, me levaram embora, você nem viu, e não tem como mudar. Você só faz o que quer, nunca parou pra pensar? Se algum dia já me viu chorando, nunca fez questão de perguntar "Porque?". Sua maneira é tão simples, é tao seguro de si. Pra voce foi sempre facil me confundir! E não vem dizer que nao é. E agora, onde você pensa que vai, com a metade do meu coração?

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Não tenho Medo.



Amor, oh que lindo sentimento, devaneios de livros românticos, o amor de Romeu e Julieta, sentimentos à tona, paixão louca, fatal, verdadeira. Não, isso não existe, o amor é uma dor, dói no peito, irradia pra cabeça, dói a alma, corrói, machuca, nos envenena, e nos adoece... Pode até cegar, mas o amor nunca mata, ele te faz sofrer até o fim, pra depois permitir que você se levante e vire a página, assim, como se nada tivesse acontecido, independente do tempo que leve pra tudo isso acabar. Por isso que acho que o amor, não é o bastante pra segurar uma relação, precisamos de outras coisas... Cumplicidade, respeito, união, amizade e no final desta lista, o amor.
Talvez por isso nunca tenha dado certo comigo, sempre encontro pessoas que tem medo de amar, God only knows, mas eu penso da seguinte forma, tenho que passar por todos esses erros e fasses, pra uma hora quando chegar o verdadeiro amor, eu ja ter amadurecido o bastante... Pensar assim me conforta.

RM vc não tem ideia do q fez comigo. Mas seja feliz, menos que eu pelo menos!