domingo, 26 de setembro de 2010

Fiquei na frente do ar condicionado pra sentir frio, semi-nu, esperei uma hora até me congelar, eu só queria ser meu coração nessa hora... Ele não me amava de verdade, não como eu queria, e agora eu sabia disso, o que mais me doía.

O meu email:

Oi RM, hoje é dia 24 e também hoje LG conversou comigo, sobre você. E venho lhe falar buscando as palavras mais sinceras que posso achar pra não te confundir mais ainda. Quando eu lhe conheci, aos poucos, pensei que podia agir da uma forma mais aberta com você, do jeito que nunca agi com ninguém, por puro medo de me machucar, e me machuquei. Eu só parei de lhe responder, porque você parou. Eu só parei de te ligar, porque você parou de atender. E nessa “relação”, a única hora que pensei em mim, você não conseguiu compreender, pois você estava aqui em Caxias, quase há duas semanas, do meu lado, e não fez o mínimo esforço pra me ver, muita coisa pra quem diz que ama, mas eu não sei o que é amor, mas sei que se dependesse de mim, não agiria assim. E no final, você fica com a BT na Chopada na minha frente, me levando a perguntar que tipo de amor é esse que conseguimos magoar quem amamos? Mas enfim, esse texto não é pra colocar você contra a parede, como eu disse, é só para você entender mais ou menos o que passa dentro de mim, e resumindo bem, eu me senti enganado e desrespeitado. Mas a verdade é que eu gosto muito de você ainda, e todos os dias eu estava orando pra isso parar, mas eu já desisti, parei de rezar, e tenho medo de ter começado a gostar menos de mim. Eu não quero que você se assuma por mim, acho que esse segmento de sua vida é uma coisa sua, eu só quero presença. Então, se você acha que vai conseguir me respeitar, que vai conseguir não me magoar mais, eu estou aqui.

O email dele:

eh o seguinte subvertido, tb gosto muito d vc, d verdade... a LG me disse uma parada q eh certa, naum adianta a gnt voltar nos assuntos q ja passaram e tals, coisas aconteceram da minha parte q te magoaram e rolaram coisas da sua parte q tb me magoaram, por isso prefiro nem citar as coisas da sua parte q me deixaram triste e ate msm com raiva...
eu fui conversar cm a LG justamente pq imaginei q se fosse diretamente a vc acabaria naum dando certo, e tb pelo fato d eu gostar muito dela e fzer questao dela ouvir minha versao da historia. Naum queria q isso chegasse a esse ponto, queria muito ter conversado cm vc, mas antes msm d acontecer o q aconteceu na choppada vc virou a cara pra mim, mas enfim... dpois dissu tudo, inclusive da msg q vc me mandou no dia da choppada e eu so li dois dias depois, pq eu tinha eskecido meu carregador aki na barra, eu imaginei q um dialogo cm vc seria impossivel...
...Eu tenho muita certeza do meu sentimento por vc... msm cm tudo oq aconteceu, das duas partes, gosto muito msm d vc... Como eu disse pra LG se dependesse do meu coração, do meu emocional, e apenas disso, eu estaria namorando cm vc e nada teria acontecido... mas as vezes eu sou mto rapido cm os meus sentimentos e naum analiso racionalmente quais sao as minhas condiçoes e limitaçoes.. Nos naum somos um casal convencional, se fossemos tudo seria mais facil pra nossa felicidade. eu sei q pra vc isso naum importa, a opiniao dos outros naum importa, mas pra mim ainda eh assim e talvez seja assim pra smp. Seriu msm, eu naum to preparado pra encarar a sociedade d frente e bater no peito a minha condiçao. sei q pra vc isso eh ridiculo, q eu naum deveria ser assim, mas d boa, geral me fala isso e enquanto eu naum me aceitar eu naum vou poder ser feliz cm ninguem.. o q eu ja passei pelo preconceito dos outros me fez pensar assim hj, sofri e sofro muuuito cm isso, essas coisas atrapalham meu sono e atrapalham...
a minha vida... infelizmente eh assim subvertido, vc nem ninguem estariam preparados pra isso, pra levar um relacionamento assim... issu faria mal a mim e a vc, como fez no pouco tempo em q estivemos juntos... era realmente muito ruim tah num lugar e naum poder tah junto ctgo, naum poder ser pelo menos mais intimo cm vc, msm q como amigo... a msm coisa era ir pra sua casa, ir meio q escondido, morreeeer d medo qndo eu ia embora, medo d encontrar alguem... eu sei q pra vc tudo isso eh paranoia e ridiculo, mas pra mim naum... naum to preparado pra assumir isso, prefiro levar minha vida como smp foi, msm q seja na mentira e na omissao... eu queria tanto q vc compreendesse isso...
mas enfim subvertido, acho q esse tipo d conversa naum temos q ter pelo orkut, queria muito ter um papo pessoalmente cm vc... vc aceita conversar cmgo, qndo acabarem as provas?!?!
bjos, adoro vc!!!



E ainda há pessoas que falam q o amor não dói... Conselhos?

Nenhum comentário:

Postar um comentário